Para mudar o mundo é preciso mudar a si mesmo.
Projeto Saber e Mudar
Aos poucos e sempre.
Evolução
Não há progresso sem mudança e quem não consegue mudar a si mesmo, acaba não mudando coisa alguma. - George Bernard Shaw
Transformação
Senhor, reforma o teu mundo, começando por mim! - Antiga oração chinesa
Mudança
Você precisa ser a mudança que você quer ver no mundo. - Mahatma Gandhi
Sabedoria
Ninguém é bom por acaso; a virtude precisa ser aprendida. - Sêneca
Vida
Viver é mudar e ser perfeito é ter mudado muitas vezes. - John Henry Newman
Interação
A tua mudança acarretará mudanças à tua volta - eis a tua maneira de mudar o mundo. - Carlos A. Baccelli, pelo Espírito Irmão José

Texto de hoje

quinta-feira, 1 de outubro de 2020:

 

 

DIA NACIONAL DE INCENTIVO À LEITURA (3)

  

 

Um livro restaurador e enobrecido é um sábio que ampara em silêncio, um médico que auxilia sem alarde e um professor que esclarece sem atritos.

 

Emmanuel

 

Livro: Dicionário da Alma

Francisco Cândido Xavier, por Espíritos Diversos

FEB – Federação Espírita Brasileira

 

Veja todos os anteriores:
Arquivo Completo
 
 

 

Há exatos 10 anos

1 de outubro de 2010:

 
 

SUICÍDIO (2)

 

 

Fernando Worm - Abordemos, se possível com maior enfoque, a questão do suicídio.

Divaldo Pereira Franco - Normalmente a pessoa que busca o suicídio ostensivo está tentando fugir a uma consequência, a um estado de aflição cuja solução ou amenização não se dispõe a enfrentar. Ora, sabendo, como convictamente sabemos, que a morte não existe, quem foge ao compromisso de viver, pelas próprias mãos, torna o problema mais complicado e dilacerante. Sendo impossível destruir o Espírito, aquele que se mata adiciona ao sofrimento que o aflige padecimentos bem maiores e duradouros. E quantas vezes temos constatado que situações muito dolorosas, aparentemente insolúveis, dentro de pouco tempo transformam-se em motivos de emulação para a própria vida? Nunca esqueçamos que a Providência Divina dispõe de recursos infinitos para amenizar nossas inquietações e dissabores, às vezes através de um fato inesperado, que de alguma forma vem para ajudar-nos a carregar nossa cruz. Quantas vezes aquilo que nos parecia motivo de imensa desdita, passa a ser a própria razão da nossa felicidade? Allan Kardec em O Livro dos Espíritos, 4ª parte, capítulo 1, ítens n°s 944, 946 e seguintes, registra inequívocas respostas da Espiritualidade ante este gravíssimo ato de rebeldia:  “TEM O HOMEM DIREITO DE DISPOR DA SUA VIDA? – NÃO, SÓ A DEUS ASSISTE ESTE DIREITO. O SUICÍDIO VOLUNTÁRIO IMPORTA NUMA TRANSGRESSÃO DESTA LEI. Pobres Espíritos, que não têm a coragem de suportar as misérias da existência! Deus ajuda aos que sofrem e não aos que carecem de energia e de coragem. Aquele que tira a si mesmo a vida, para fugir à vergonha de uma ação má, prova que dá mais apreço à estima dos homens que à de Deus. Também os que hajam conduzido o desgraçado a esse ato de desespero, esses, ai deles. Responderão como por uma assassinato”. Diz Joanna de Ângelis em Após a Tempestade..., capítulo 18: “Por uma interpretação precipitada, o amor-próprio ferido arroja o homem que se deseja livrar de um problema no poço sem fundo de mais desditosas conjunturas, que somente o peso de demorados remorsos e agonias consegue vencer... Temendo o sofrimento, o suicida impõe-se maior soma de aflições, no pressuposto de que o ato de cobardia encetado seria sancionado pelo apagar da consciência e pelo sono do nada...

“Condicionado para os triunfos de fora, não se arma o homem para as conquistas interiores, mediante cujas realizações se imunizaria contra as dificuldades naturais da luta em que se encontra comprometido em prol da própria ascensão.

“A si mesmos iludem os que debandam dos compromissos para com a vida. Não morrerão.

“Ninguém se destrói ante a morte.

“Províncias de infortúnio, regimes de sombras enxameiam em ambos os lados da vida. Da mesma forma prosseguem além da morte os estados de consciência ultrajada, de mente rebelada, de coração vencido...

“São também suicidas os sexólatras inveterados, os viciados deste ou daquele teor, os que ‘ingerem’ altas cargas de tensão, os que se envenenam com o ódio e se desgastam com as paixões deletérias, os glutões e ociosos, os que cultivam o pessimismo e as enfermidades imaginárias...

“A vida é um poema de amor e beleza esperando por nós.

“’Espera pelo amanhã, quando o teu dia se apresente sombrio e apavorante.

“’Aguarda um pouco mais, quando tudo te empurra ao desespero’.”

       

Livro:  Moldando o Terceiro Milênio – Vida e Obra de Divaldo Pereira Franco       

 Fernando Worm, Divaldo Pereira Franco

 LEAL - Livraria Espírita Alvorada Editora


 
Siga-nos nas redes sociais:
 

 


 
Atualizações recentes:
 
 
Vídeo da semana
 
RUMOS DO MOVIMENTO ESPÍRITA
 
Inscreva-se no canal, curta e compartilhe! 
 
 
 
 
ORVALHO DE LUZ 
 
Atendimento Espiritual Para a Saúde 
 
Clique 
 
 
 
 
 
 
 
ARTIGO INÉDITO de Fernando Peron
 
O ABORTO DA MENINA DE 10 ANOS
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
Clique
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
WALDO VIEIRA
 
Relação Completa das Obras
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
Clique
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Trechos de:
  O LIVRO DOS ESPÍRITOS
  Clique
 
  OBRAS PÓSTUMAS
  Clique
 
  A GÊNESE, OS MILAGRES E AS PREDIÇÕES
  SEGUNDO O ESPIRITISMO
  Clique
 
 
 
  O LEGADO DE ALLAN KARDEC
  Clique
 
 
Lançada a Obra nº 210 de Carlos Baccelli!
 
Veja aqui a RELAÇÃO COMPLETA
Clique
 
 
Trechos dos livros:
 
ALLAN KARDEC-CHICO XAVIER: IDENTIDADE
 
Clique
E MISSÃO 
 
 
MEU FILHO NASCEU NO ALÉM
Clique 
 
 
 
 
 
 

 
 
Trechos dos livros:
 
CHICO XAVIER, O AMIGO DOS ANIMAIS
Clique  
 
 
CHICO XAVIER, O APÓSTOLO DA FÉ
Clique  
 
 
 
 
 
ILUMINURAS 
Clique   
 
RETRATOS DA VIDA
Clique
 
 
 
Grandes Temas:
 
LIVROS
Clique 
 
PERDÃO
Clique 
 
FAMÍLIA 
Clique 
 
MEIO AMBIENTE 
Clique 
 
 
 
 
REFLEXÕES sobre saber, mudar e divulgar
Clique
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
      Provérbio chinês
 
 
DEPOIMENTOS
 
Introdução
Clique 
 
Por Ano
Clique 
 
Destaques
Clique 
 
Personalidades 
Clique 
 
 
 
 
 
 
 
      Novo banner!
Busque no site
Nos textos diários     No site inteiro
BUSCAR
Projeto Saber e Mudar
PARA MUDAR O MUNDO É PRECISO MUDAR A SI MESMO. AOS POUCOS E SEMPRE.